skip to Main Content
A Bordo De Uma Kombi, Conhecendo O Mundo!

A bordo de uma Kombi, conhecendo o mundo!

Autora: Yasmin Duarte

Uma brisa leve no rosto, uma casa motorizada e muitos sonhos dentro da mala. Essa frase poderia fazer parte da descrição de uma das viagens de Aline Gomes Liparelli, a coaching de vida joseense, que viaja o mundo em uma Kombi e já rodou boa parte da América Latina.

O projeto se iniciou quando a Aline se reencontrou com seu atual namorado, o Rafael.  Na época ele estava no Brasil reformando sua Kombi, com objetivo de conhecer toda a América Latina. A ideia encantou Aline, e juntos planejaram uma viagem com duração de 60 dias, passando por 5 países.

A primeira experiência foi o suficiente para conquistar a coaching, e ela nunca mais parou. Aline conta que antes colocar o pé na estrada se sentia presa em uma zona de conforto.

“Pensei que cada vez mais estava me estabelecendo em São José dos Campos, que assim seria difícil sair e fazer algo nesse sentido de viajar, explorar o mundo. Foi então que um mês antes de sair para a primeira viagem de Kombi eu decidi fechar todos os meus ciclos profissionais e pessoais e embarcar nessa viagem!”.

Como foi sua primeira viagem de Kombi?

A primeira viagem da Aline foi pela costa do Uruguai, durante o carnaval de 2018. Ela descreveu a sensação como “libertadora e cheia de amor próprio”.

“Voltei diferente, e tenho certeza que essa ‘prova’ foi um dos fatores que me fizeram ter certeza da decisão que eu estava tomando! “.

A partir disso, foram 7 meses viajando por todo o Brasil e algumas partes da América do Sul. Ela conheceu toda a costa do Uruguai, Norte da Argentina e Sul do Chile.

Inclusive, já se planejou para o carnaval e outros feriados de 2019. Suas próximas viagens serão: Chile, seguido do Sul da Argentina, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil, Bolívia, Peru, Equador, Colômbia, Norte e Nordeste do Brasil.

Com tantos países na bagagem, é natural que nos questionemos sobre gastos, perguntamos para Aline e ela nos explicou um pouco sobre isso.  

Foto: @ vidanova.aline

Afinal, quanto custa para viajar a bordo de um motorhome?

Essa é uma parte muito importante para as pessoas que querem iniciar essa jornada. A Aline e seu namorado gastaram cerca de R$45.000 para adaptar a Kombi, de forma que suprisse quase todas as suas necessidades, como em uma casa.

A coaching nos contou que o veículo possui reservatório de água, pia, painel de energia solar e cama. Não possui banheiro e chuveiro quente, mas ambos podem ser encontrados em locais de apoio, como estacionamentos específicos para Kombis e motorhomes.

Já as viagens são planejadas de acordo com o orçamento disponível, roteiro e trabalho de cada um.  Aline conta que o primeiro passo é montar o roteiro, e que leva em consideração os interesses de ambos e geralmente escolhem lugares onde exista possibilidade de negócios vantajosos, cursos que possam interessar os dois e o dinheiro disponível para a realização da viagem.

Entretanto, ela acrescenta que seu namorado e ela sempre estão disponíveis para eventuais mudanças no planejamento,  caso seja necessário. Em uma viagem como essa, é muito importante que os aventureiros estejam abertos a mudanças e contratempos.

A aline afirma que “Já que o dia a dia pode ser planejado de uma forma, e sofrer mudanças conforme o tempo, o roteiro etc…”

Como funciona o dia a dia de uma viagem de Kombi?

O cotidiano da Aline depende muito das condições climáticas e do planejamento da rota. Ela explica que tudo pode variar conforme o clima e o que ela acha necessário.

“O que acontece diariamente é que percorremos os kms, procurando onde estacionar para poder dormir, cozinhar, tomar banho gelado de balde ou ficar sem banho, ir até o mercado para comprar comida, porque temos pouco espaço para armazenar coisas.”

Viagens também podem te ajudar a conhecer pessoas novas e começar novas amizades,  Aline nos contou que quando acampa, conhece vários outros viajantes, e juntos compartilham, histórias, momentos ,risadas e algumas taças de vinho!

Aline conta que as viagens ajudam muito em seu desenvolvimento profissional e também no de seu companheiro  Rafael, que é cozinheiro.

“Como o Rafa trabalha com cozinha, sempre vamos atrás de comidas típicas e ingredientes para comermos a comida local e explorar a gastronomia que tanto fala sobre um povo”.

Foto: @ vidanova.aline

É possível conciliar as viagens e o trabalho?

Aline afirma que sim, desde que se tenha planejamento. Ela explica que faz seus atendimentos online, por meio de vídeos chamadas e está sempre se organizando para que consiga fazer tudo o que deseja.

Também consegue fazer uma conciliação para algumas reuniões presenciais. A Aline explicou que em alguns casos é importante ter a conversa pessoalmente para poder se conectar com seus clientes e ajudar com orientações.

Ela esclarece “A vida na estrada exige muita atenção e dedicação diária, é uma experiência que precisa ser vivida, assim como meu trabalho. Então 100% de carinho e atenção para cada das coisas, cada uma no seu tempo”.

 

Aline mostra um pouco de suas aventuras vividas em seu Instagram.

Conheça mais casais que viajam o mundo a bordo de uma Kombi!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top